SOCIEDADE ASTRONÔMICA BRASILEIRA

UMA SEQUÊNCIA DIDÁTICA SOBRE BURACOS NEGROS PARA INTRODUÇÃO DE TEMAS DE ASTRONOMIA NO ENSINO MÉDIO A PARTIR DO TEMA GERADOR LHC (GRANDE COLISOR DE HÁDRONS) (CO17)

Autores: 

ADRIANA OLIVEIRA BERNARDES(UENF – Universidade do Norte Fluminense)

Palavras-Chave: 

Ensino de Astronomia, Acelerador de Partículas, Física Moderna e Contemporânea.

Neste artigo apresentaremos um trabalho realizado em escola pública do estado do Rio de
Janeiro, no qual, o tema buracos negros foi inserido, junto a turmas de Ensino Médio,
através do tema gerador LHC (acelerador de partículas). Os PCNs apontam para
importância da inserção de conteúdos de Física que contextualizem a disciplina. Na
chamada era da informação, os alunos recebem em seu cotidiano, todos os dias,
informações relacionadas a ciência e tecnologia, seja através da televisão ou da Internet.
Um dos assuntos presentes, está relacionado ao funcionamento do acelerador de partículas
do CERN (Centro Europeu de Pesquisas Nucleares), que teve início em 2008. Temas como
estes, normalmente não são tratados no Ensino Médio, pois não fazem parte do currículo,
porém, vários trabalhos mostram a importância da Astronomia, com seu caráter
interdisciplinar, motivando o aprendizado de Ciências. O tema buracos negros é de grande
atrativo aos alunos e pode ser trabalhado a partir do acelerador de partículas, para o qual,
se prevê, a formação de micros buracos negros. Para o trabalho foi elaborada uma
sequência didática com quatro etapas, na qual, na primeira etapa é realizado um trabalho
com vídeos educativos a respeito de buracos negros, na segunda etapa é introduzida
informações sobre o LHC e o funcionamento do acelerador de partículas, na terceira etapa
foi realizada uma abordagem histórica a respeito dos buracos negros e na quarta um foi
realizado um trabalho com textos a respeito do tema. Em pesquisa realizada, 92%
afirmaram conhecer o assunto acelerador de partículas, 95% afirmaram conhecer o tema
buracos negros, 82% afirmaram conhecer os assuntos através da TV, 14% internet e 4%
através dos professores, sobre o que pensaram da aula mais de 90% afirmaram ter gostado
muito. O desenvolvimento do trabalho mostra a possibilidade da inserção da Astronomia no
Ensino Médio.

Arquivo do Trabalho: 

 SNEA2014_TCO17.pdf

CONTATO

Sociedade Astronômica Brasileira
Rua do Matão, 1226 - Cidade Universitária - USP
CEP 05508-900 - São Paulo - SP
Tel: (11) 98154-8772 - e-mail: secret@sab-astro.org.br/ sab.secretaria.email2@gmail.com
Horário de atendimento: Terça e Quinta-feira das 09h00 às 12h00 e das 12h30 às 15h00
Powered by Wild Apricot Membership Software