SOCIEDADE ASTRONÔMICA BRASILEIRA

Notícias

Seja bem-vindo ao blog Astronomia Brasileira, patrocinado e gerenciado pela Sociedade Astronômica Brasileira.

A Sociedade Astronômica Brasileira (SAB) é uma entidade científica sem fins lucrativos, fundada em 1974, cujas finalidades são, entre outras, congregar os astrônomos do Brasil e zelar pela liberdade de ensino e pesquisa, pelos interesses e direitos dos astrônomos e pelo prestígio da ciência do País, estimulando as pesquisas e o ensino de Astronomia no País.

O Blog Astronomia Brasileira visa facilitar a troca de informações entre astrônomos profissionais em assuntos relativos à atuação da SAB.

<< First  < Prev   1   2   3   4   5   Next >  Last >> 
  • 18 Feb 2017 8:44 PM | Adriana Valio (Administrator)

    Nota de falecimento - Prof. Pierre Kaufmann (1938-2017)

    Pierre Kaufmann, coordenador do Centro de Rádio Astronomia e Astrofísica Mackenzie (CRAAM) faleceu na madrugada de hoje 17/02/2017. Além de professor titular da Universidade Presbiteriana Mackenzie era também pesquisador em tempo parcial do Centro de Componentes Semicondutores, CCS, da UNICAMP. Membro titular da Academia Brasileira de Ciências (ABC); Membro titular da Academia de Ciências do Estado de São Paulo; Membro do Comitê de nomeação do Prêmio da Inamori Foundation, Kyoto, Japão, e membro associado da Royal Astronomical Society (UK).

    Sócio fundador da Sociedade Astronômica Brasileira (SAB), membro da SBF, SBPC, SBMO, da International Astronomical Union (IAU) e COSPAR. Representante brasileiro no Scientific Committee on Solar-Terrestrial Physics (SCOSTEP), no Scientific Committee on Antartic Research (SCAR) e na Comissão de Rádio Astronomia da Union Radio Scientifique International (URSI)

    Fundador do Grupo de Rádio Astronomia e Astrofísica Mackenzie (GRAAM) em 1960, hoje CRAAM, foi o responsável pela construção dos rádio observatórios do Ibirapuera (São Paulo), Umuarama (Campos do Jordão), Itapetinga (Atibaia), VLBI em Eusébio (Fortaleza), Telescópio Solar Submilimétrico (Argentina), POEMAS (Argentina), Laboratório Antártico de Pesquisas Ionosféricas e o Observatório Solar Mackenzie (São Paulo).

    Sempre um espírito inovador, com fomento nacional e internacional, coordenava ainda vários projetos inéditos com fotômetros na faixa THz e infravermelho para observação solar no solo, na estratosfera e no espaço, além de um novo sistema de georreferenciamento.

    Durante a sua carreira (1961-2017) publicou 204 artigos em periódicos indexados, é autor do livro “La Atmosfera Solar y su Investigación atraves de Ondas Radioeletricas”. Depositou 7 patentes, tendo obtido a concessão internacional da patente “Sistema e Processo de Posicionamento Geográfico e Navegação”. Além disso formou várias gerações de rádio astrônomos, tendo orientado 17 mestres e 7 doutores, e supervisionado 8 pós-doutores.

    A rádio astronomia e a física solar brasileira perdem hoje seu maior expoente!

  • 27 Jul 2016 8:43 AM | Anonymous

    Several research groups at the Astronomy Department of the Insitute of Astronomy, Geophysics and Atmospheric Sciences of the University of São Paulo (IAG/USP), Brazil, invite applications for several postdoctoral fellowships:

    http://www.iag.usp.br/opportunities/index.php/astronomy/


  • 29 Apr 2016 10:29 AM | Marcos Diaz

    Um estudo detalhado dos gradientes de idade e metalicidade dos aglomerados no halo oeste da Pequena Nuvem de Magalhães (SMC) mostra a importância de separar as várias populações estelares e sugere que a SMC poderia estar em sua primeira passagem próxima da Via Láctea, contrariando o cenário orbital clássico.

    O primeiro autor desse trabalho aceito para publicação na revista Astronomy & Astrophysics (http://arxiv.org/abs/1604.03086) é o Dr. Bruno Dias, atual pós-doutorando no European Southern Observatory (ESO). Os co-autores são; Leandro Kerber (UESC), Beatriz Barbuy (IAG/USP), Eduardo Bica (IF/UFRGS) e Sergio Ortolani (Università di Padova).

    Essa pesquisa recebeu o foco da revista New Scientist que publicou recentemente um artigo destacando os resultados do grupo (https://goo.gl/IAbapu). 

  • 21 Mar 2016 10:51 AM | Adriana Valio (Administrator)

    A relação ente a Habitabilidade e o campo Magnético do Sol Jovem é tema de Artigo com muita repercussão de Astrônomos Brasileiros


    Cerca de quarto bilhões de anos atrás a vida surgiu na Terra.  A vida surgiu porque nosso planeta possuía uma superfície rochosa, água em estado líquido e uma atmosfera espessa.  Mas a vida floresceu graças a um outro ingrediente necessário: a presença de um campo magnético protetor.  Um novo estudo sobre uma estrela similar ao Sol jovem chamada Kappa Ceti demonstrou que o campo magnético desempenhou um papel fundamental no sentido de tornar a terra jovem propícia à vida.

    "Para ser habitável, um planeta precisa de calor, água em estado liquido, e  necessita ser protegido das ações de um Sol jovem e violento", diz o principal autor do artigo o Dr. Jose-Dias Do Nascimento, pesquisador no  Centro Smithsonian de Astrofísica da Universodade de Harvard (CfA), Boston, USA e professor da Universidade Federal Rio Gtande do Norte (UFRN), Brasil.

    O resultado dos Astrônomos Brasileiros da UFRN, UFRJ, Harvard e outras universidades foram publicados no ApJ Letters esta semana e com ressonância e destaque nas principais paginas de Ciência dos principais jornais do Brasil e do  Mundo.


    Press Release da Harvard University: https://www.cfa.harvard.edu/news/2016-06

    http://smithsonianscience.si.edu/2016/03/young-sun-like-star-shows-magnetic-field-critical-life-early-earth/

    https://www.washingtonpost.com/news/speaking-of-science/wp/2016/03/17/how-this-stars-weather-could-help-us-find-alien-life/

    http://revistapesquisa.fapesp.br/2016/03/16/campo-magnetico-primitivo-teria-permitido-vida-na-terra/

  • 03 Jun 2015 8:31 PM | Ana Cristina Armond

    A Sociedade Astronômica Brasileira tem a satisfação de informar que o prestigioso Brouwer Award de 2015 foi outorgado ao prof. Dr. Sylvio Ferraz Mello do Instituto de Astronomia, Geofísica e Ciências Atmosféricas da Universidade de São Paulo. Esta premiação reflete o reconhecimento das importantes contribuições do prof. Ferraz Mello à Astronomia Dinâmica, em particular, no entendimento do papel das ressonâncias e processos dissipativos na evolução de sistemas planetários. A outorga também enfatiza sua contribuição na formação de cientistas e no desenvolvimento dessa área na América Latina. Congratulamos o prof. Sylvio Ferraz Mello por este triunfo para a ciência no país.

  • 22 May 2015 2:08 PM | Ana Cristina Armond

    Foi aprovado no Senado o texto da comissão que estabelece a adesão brasileira ao ESO.

    Informações sobre o processo podem ser obtidas no site do senado. Abaixo, um resumo da tramitação.

    PDS - PROJETO DE DECRETO LEGISLATIVO (SF), Nº 37 de 2015:



    Autor(a):  COMISSÃO - Comissão de Relações Exteriores e de Defesa Nacional
    Ementa:  Aprova o texto da Convenção que Estabelece a Organização Europeia para a Pesquisa Astronômica no Hemisfério Austral, cuja adesão brasileira foi assinada em Brasília, em 29 de dezembro de 2010, e os demais atos internacionais a ela anexados, que especifica.
    Natureza:  Atos/tratados/acordos internacionais
    Data de apresentação:  25/03/2015
    Situação atual:  Local: 21/05/2015 - Secretaria de Arquivo
    Situação: 19/05/2015 - TRANSFORMADA EM NORMA JURÍDICA
    Ação: (SF) MESA.
    PROMULGADO. DECRETO LEGISLATIVO 000099 DE 2015.
    DOU- 19/05/2015 PÁG. 00001.
    Promulgado em 18/05/2015.
    Outros números:  Origem no Legislativo: CD  PDC  01287 / 2013
    CD  MSG  00040 / 2013
    Norma jurídica gerada: DLG-000099 de 2015
    Indexação da matéria:  Indexação: APROVAÇÃO, TEXTO, ACORDO INTERNACIONAL, CONVENÇÃO INTERNACIONAL, ASSUNTO, BRASIL, PAIS ESTRANGEIRO, ORGANISMO INTERNACIONAL, EUROPA, PESQUISA, ASTRONOMIA.
<< First  < Prev   1   2   3   4   5   Next >  Last >> 
CONTATO

Sociedade Astronômica Brasileira
Rua do Matão, 1226 - Cidade Universitária - USP
CEP 05508-900 - São Paulo - SP
Tel: (11) 98154-8772 - e-mail: secret@sab-astro.org.br/ sab.secretaria.email2@gmail.com
Horário de atendimento: Terça e Quinta-feira das 09h00 às 12h00 e das 12h30 às 15h00
Powered by Wild Apricot Membership Software